Mais 75% dos projetos de transformação digital falham; saiba

A transformação digital tornou-se uma grande prioridade para as empresas, que diante da pandemia, se viram obrigadas a acelerar esse processo de mudança de mindset. 

Talvez seja, por isso, que 70% das empresas brasileiras vejam a transformação digital como prioridade, segundo revelou um levantamento feito pelo Instituto FSB Pesquisa.  

Mas o que realmente me chamou a atenção neste estudo foi que embora considerem importante começar esta transformação, apenas 35% dos líderes destas empresas, se sentem aptos a colocá-la em prática.

E o que vem sustentando esse receio é a sensação de despreparo para começar um projeto, seja pela falta de conhecimento específico ou de mão de obra qualificada. 

De fato, esse cenário é compreensível, já que mais de 75% dos projetos de transformação digital falham, segundo a PWC. 

Assine a Newsletter para receber os nossos conteúdos!
Interesse

Mudança de cenário

Mas é possível reverter este cenário de incerteza atuando diretamente na prevenção dos erros que levam à estas falhas. Listei os mais comuns, logo abaixo: 

  1. Objetivos Difusos

É fundamental que os objetivos do projeto estejam claros, assim como as necessidades do cliente.  

Por isso, o primeiro passo de qualquer projeto que, no caso da MATH TECH aplicamos uma metodologia própria, o Full Disclosure DevOps, é entender quais são as entregas de valor que a empresa deseja.  

Além disso, a colaboração de um  Product Owner, que representa o contratante no projeto, garante agilidade nas tomadas de decisão e assegura que os objetivos se percam durante o processo. 

  1. Expectativas irreais 

As expectativas diante do projeto e também sobre as entregas precisam estar bem alinhadas entre cliente e prestador de serviço, evitando desgastes durante o processo de desenvolvimento. 

Priorizando a total transparência entre as partes envolvidas, nossa metodologia, ainda na primeira etapa do projeto, garante que caso haja alguma expectativa irreal, ela seja dissolvida ainda nesta fase. 

  1. Recursos mal planejados 

O planejamento é uma das partes mais importantes de um projeto. É nesta etapa que se garante os recursos que serão utilizados durante o processo. Um erro nesta fase, por menor que seja, pode comprometer todo o resultado. 

Sendo assim, o desenvolvimento precisa estar baseado em alguns princípios como: arquitetura preparada para escalabilidade, robustez da aplicação garantida através de testes e boas práticas de segurança. Todos eles são respeitados dentro da metodologia do  Full Disclosure DevOps. 

  1. Falta de mensuração e testes eficazes 

Dois pontos fundamentais para o sucesso de qualquer projeto são: métricas bem definidas e aplicação de testes. No entanto, muitas falhas acontecem por conta destes itens não estarem alinhados desde o planejamento. 

Na metodologia aplicada pela MATH TECH, a execução de testes é amplamente aplicada e as métricas, dispostas em dashboards que facilitam o acompanhamento do cliente sobre o andamento de seu projeto. 

  1. Escopo que não para de crescer 

Outro fator que contribui para os erros nos projetos de desenvolvimento de novas tecnologias é a mudança contínua do escopo. Esse problema dificulta o alinhamento entre o squad e o objetivo final. 

Por isso, na metodologia que aplicamos, o desenvolvimento de uma MVP (Mínimo Produto Viável) garante que a aplicação possa ser colocada em produção já na primeira versão, permitindo que o cliente possa fazer alterações no escopo sem impactos negativos no projeto.  

A aplicação de metodologias ágeis, como o Full Disclosure DevOps, desenvolvida pela MATH TECH, é essencial para o desenvolvimento de software que visa mitigar erros.

Esse tipo de abordagem evita conflitos de cultura entre empresa e prestador de serviços. Além disso, facilita o entendimento sobre a responsabilidade e desempenho de cada integrante da equipe. 

Para garantir que os investimentos na transformação digital do seu negócio sejam aplicados em um projeto que vai entregar resultado com transparência, agilidade e eficiência, converse com um de nossos especialistas. 



Feedback