podcast-ep-10

Como trabalhar no mundo cookieless – Ep10 – DoTheMATH Podcast

As conversas sobre um mundo sem cookies (cookieless) estão em quase todas as rodas de profissionais de marketing. Afinal, este é um tema crítico para praticamente todas as marcas que são anunciantes, mas ao mesmo tempo ainda é um tabu para muitas pessoas. Para ajudar e trazer clareza nesta discussão, dedicamos o décimo episódio do DoTheMATH Podcast ao tema cookieless. E para nos ajudar, convidamos Gabriel Nunes, sócio da MATH ADS e especialista quando o assunto é mídia digital.

As mudanças nas práticas de uso dos cookies estão restritas, neste momento, a cookies de terceiros. Já existe um movimento global e algumas empresas, como a Apple, já colocam barreiras para uso dos dados de comportamento através de captura de terceiros, enquanto o Google tem plano de fazer o mesmo em 2023. Quando o Snapchat divulgou seus resultados financeiros (3Q-2021), uma das justificativas relacionadas à perda de US$ 3M em receita foi justamente a barreira ao uso de cookies pela plataforma da Apple. Ou seja, existe um impacto financeiro direto para marcas – plataformas e anunciantes.

Durante a conversa, o Gabriel também nos lembra que a transformação por parte do usuário já começou. É cada vez maior o número de pessoas que restringem acesso às suas informações, bloqueiam uso de cookies ou utilizam navegadores que valorizam a privacidade dos dados. As marcas já começaram a ficar cegas quanto a estas informações que antes estavam totalmente disponíveis.

Ou seja, a mudança já começou. As marcas já precisam ter estratégias e projetos em execução que minimizem os impactos desta nova realidade. Não dá mais para depender apenas do que vem pronto das plataformas e tecnologias em uso, os times de marketing precisam definir suas próprias métricas de sucesso no digital e testar novas formas de chegar nestes consumidores que hoje dependem de cookies para serem alcançados. O mundo cookieless vai exigir planejamento, experimentações com foco em produto e jornada (com foco em UX). Vai ser mais complexo encontrar o consumidor ideal no momento certo.

Neste contexto os dados ganham ainda mais destaque. Os dados first party tornam-se ainda mais importantes, valem ouro para conversas com potenciais (ou atuais) clientes. Mas as empresas vão continuar dependentes de novos, e ainda desconhecidos, clientes. Para chegar neste público, com menos dados de cookies, as marcas vão precisar correlacionar dados e tentar chegar em usuários através de métodos científicos: criar hipótese, testar e mensurar resultado. O ponto é que este não é um esforço comum hoje para muitas empresas.

Como você está se preparando para este novo mundo sem cookies? Um bom começo é ouvir este episódio completo do DoTheMATH – e se precisar de uma ajudinha, falar com o pessoal da MATH ADS.



Feedback